Está planejando uma reforma ou uma construção, mas não tem como arcar com todos os gastos?

Fique tranquilo! Com o ConstruCard você terá acesso a oportunidades de parcelamento na compra de materiais de construção para sua reforma, confira!

O ConstruCard é um modelo de financiamento oferecido pela Caixa Econômica Federal.

Porém alguns bancos como Itaú e Banco do Brasil oferecem esse programa de financiamento para reformas ou construções.

Para ter acesso a esse programa de financiamento, em qualquer um dos bancos citados aqui é necessário que você seja um cliente ativo e que não tenha negativações com o banco que vai te fornecer o financiamento.

Em resumo: você precisa ser correntista do banco escolhido e não ter o nome sujo!

Tudo sobre o Construcard

Onde posso usar meu saldo do Construcard?

Esse é um ponto muito importante: você precisa consultar todas as lojas que aderiram ao programa dos bancos.

Então não, você não pode realizar suas compras em qualquer loja de material de construção.

As compras de materiais de construção devem ser realizadas nos pontos de vendas conveniados junto ao ConstruCard.

É importante levar em conta que nem todos as casas de materiais estão cadastradas no programa, por isso através deste link.

Atualmente a Caixa Econômica Federal aumentou o número de parceiros ao benefício, chegando hoje a mais de 85 mil empresas de materiais construção cadastradas e prontas para oferecer ao cliente os melhores produtos.

Entenda como funciona o ConstruCard

O ConstruCard trata-se de um financiamento de materiais de construção onde o cliente receberá do banco um cartão de débito com o valor acordado por ambas as partes para a compra de bens em lojas de materiais.

O valor disponibilizado para utilização em compra de materiais de construção é calculado com base em uma análise de crédito do perfil do solicitante.

O valor de crédito obtido é acoplado junto a conta corrente do cliente, porém esse valor não pode ser sacado nem utilizado para outros fins, este só pode ser movimentado por meio do cartão que é oferecido.

Após a contratação do serviço ao cliente tem um prazo de até 06 meses para a utilização do valor, lembrando novamente que o valor não é recebido diretamente em mãos e que não pode ser utilizado para outros fins a não ser para o que de fato se destina.

O ConstruCard possui um período de 06 meses que é o tempo correspondente ao que o cliente possui para consumo do valor presente no cartão.

Durante o período de utilização do benefício o consumidor deverá realizar o pagamento das taxas de juros sobre a utilização do montante disponibilizado para compra de materiais de construção.

Passado esse tempo o cliente entrará então no período de amortização das parcelas, lembrando que a data início para o pagamento das mesmas já está estabelecido em contrato.

Além disso tudo, é importante ter em mente que os bancos geralmente solicitam alguma garantia para a realização do serviço, ou seja

É possível que as instituições solicitem a alienação fiduciária de automóvel, alienação fiduciária de imóvel, aplicação financeira ou caução de depósito.

E assim como os empréstimos pessoais com garantias e hipotecados dispõem de condições e taxas mais satisfatórias em decorrência da segurança que é disposta ao banco, neste caso, temos as mesmas condições e benefícios.

Quem pode contratar o Construcard?

Para contratar o Construcard você precisa:

  •         Ser maior de 18 anos;
  •         Possuir uma renda mensal fixa e comprovável;
  •         Não possuir dívidas ativas junto a instituição;
  •         Não ter o nome sujo junto ao SPC ou Serasa.

O cliente precisa ainda, ser aprovado no sistema de análise que é realizado pelos bancos, como forma de assegurar a saúde financeira do consumidor e de dispor um plano que melhor se adapte a seu dia a dia.

Documentos necessários para aderir o Construcard

Para aderir aos serviços de financiamento de materiais de construção o cliente deverá ter em mãos os seguintes documentos:

  • RG e CPF originais;
  • Comprovante de endereço atualizado com até 90 dias desde o dia de emissão;
  • Comprovante de renda atualizado dos últimos 03 meses (para autônomos é solicitado a apresentação do extrato bancário dos últimos 06 meses)

O que pode ser comprado com o cartão do Construcard?

O valor disponibilizado no ConstruCard pode ser utilizado para a compra de telhas, pisos, janelas, tijolos, além de toda parte de pintura da casa.

O programa foi ampliado recentemente e já é possível aderir a caixas d’água, móveis planejados, sistemas de geração de energia solar, piscinas e a parte de iluminação em geral.

Onde utilizar o Construcard?

O cartão deve ser utilizado somente nas lojas conveniadas ao programa e para consultar os estabelecimentos participantes do ConstruCard basta acessar esse link.

Como solicitar seu Construcard?

Caso o cliente possua os requisitos básicos mencionados, deverá comparecer em uma agência do da Caixa Econômica Federal munido de RG, CPF e os comprovantes de renda e endereço para uma análise de crédito.

Caso o leitor deseje saber mais sobre os serviços de crédito do banco Itaú e Banco do Brasil, poderá acessar ao site oficial dos bancos ou comparecer em uma agência e solicitar uma simulação.

Com uma análise de crédito positiva será solicitado a apresentação de uma garantia para a operação como imóvel ou automóvel.

O FGTS pode ser utilizado para construção?

O FGTS é muito utilizado para o financiamento de imóveis e construção, porém apesar de permitir o financiamento imobiliário, o valor presente no fundo garantidor não pode ser utilizado para a quitação das parcelas do ConstruCard.

A confusão acontece muitas vezes em razão do fato de que o FGTS pode ser utilizado para a realização do financiamento habitacional, porém o serviço de financiamento não se acopla aos serviços do ConstruCard.

Apesar de ambos serem disponibilizados pela Caixa e pertencerem ao mercado imobiliário, um não possui relação com o outro e nesse caso é possível a adesão de somente um dos serviços.

Bancos que oferecem o serviço de financiamento para construção

Existem hoje no mercado imobiliário um único banco que trabalha com o sistema de ConstruCard que é a Caixa Econômica Federal.

Porém outros bancos como Itaú e Banco do Brasil também disponibilizam sistemas de crédito para construção.

Para escolher com qual banco trabalhar, é importante levar em conta primeiro com qual deles você já possui uma conta ativa, e acima de tudo, deverá avaliar os valores, os prazos e as taxas disponibilizados por cada um deles.

 Para entender melhor o funcionamento de cada segmentação de crédito o leitor poderá realizar uma simulação no banco de sua preferência.  

Para utilizar os simuladores basta acessar aos links:

Caixa Econômica Federal: Site Oficial Construcard

Banco do Brasil: BB Crediário

Banco Itaú: Crédito para reformar Itaú

Para utilizar o simulador de crédito do serviço de financiamento de materiais de construção o cliente deverá acessar o site oficial do banco em seguida deverá escolher o valor e o número de parcelas que deseja aderir

Sendo assim o simulador apresentará o valor a ser pago de forma mensal já acrescido de taxas e encargos, o consumidor poderá utilizar do planejamento financeiro a longo prazo obtendo assim maior controle de suas dívidas.

Taxas de juros para programas de Construção

As taxas de juros aplicadas sobre o serviço de financiamento ConstruCard e empréstimo para construção de outros bancos poderão variar de cliente para cliente em decorrência do valor solicitado e do prazo aderido para pagamento, mas ambos os bancos possuem uma margem de taxa a ser aplicada:

Caixa Econômica Federal: 2,5% ao mês.

Banco do Brasil: 3,8% ao mês.

Banco Itaú: 3% ao mês.

ConstruCard vale a pena?

ConstruCard vale a pena?

Se o objetivo do consumidor for realizar a compra de materiais de construção para a reforma de um imóvel, pode ser uma boa alternativa.

Este modelo se assemelha ao sistema de crédito consignado onde o valor das parcelas é descontado diretamente em folha de pagamento.

Porém no caso deste financiamento a parcela é debitada diretamente da conta corrente do cliente, oferecendo comodidade e tranquilidade já que não precisa se locomover para pagar as parcelas.

Por se tratar de um sistema de crédito e financiamento é sempre importante levar em conta todos os riscos que se têm ao aderir o ConstruCard antes de solicitar o programa.